sábado, 22 de outubro de 2011

E de rrepente surge alguém



E de repente surge alguém.

Alguém que me faz me sentir tão bem.
Alguém que não quer apenas me usar.
Alguém que passei a sonhar.

Não sei dizer o que vai ser daqui pra frente,
Se a gente vai ficar.
Ou se deixar.



Mas sei que o mais importante aconteceu,
A gente se conheceu.
E foi maravilhoso.

Agora estou aqui.
Olhos brilhantes,
Sorriso estampado na cara,
Sonhando,
E totalmente sem palavras.


Leila Andrade – Blog da Leleka


Obrigado Leila por permitir eu postar esse lindo poema no meu blog.
Postar um comentário