quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Últimas palavras para uma paixão antiga...



Últimas palavras para uma paixão antiga...


Eu ouvir dizer que você se acertou,
Que voltou com ele e está feliz agora,
Eu ouvi que os seus sonhos se tornaram realidade,
Acho que ele realmente lhe deu coisas que eu não pude dá.

Agora, minha amiga,
Levante a cabeça e sorria,
Não há porque você se conter,
Afinal, você é “sol”, você tem que brilhar.

Me desculpe fazer isso sem ter avisado,
Mas, você sabe como eu sou, eu não pude evitar,
Talvez eu tivesse a esperança de que quando lê-se isso,
Lembra-se de mim,
E do que em mim marcou.

Ai, ai...

Não se preocupe, eu vou encontrar alguém para mim,
Não desejo nada além do melhor para você, também,
Não esqueça de mim, te peço, sempre lembro que você dizia:
“Paixão passa,
Amor, é para sempre!”

Você percebeu como o tempo voa?
Foi como ontem, como um dia que já passou,
Teve início, meio e um estranho fim o nosso amor ou paixão,
Nós nascemos, fomos criados e morremos numa neblina de verão,
Unidos pela surpresa e separados pelos caminhos do coração.

“Nada se compara, não se preocupe ou se importe,
Lamentações e erros são frutos da memória,
Quem poderia ter adivinhado o gosto agridoce que isso teria?”

Ai, ai...

Não se preocupe, eu vou encontrar alguém para mim,
Não desejo nada além do melhor para você, também,
Não esqueça de mim, te peço, sempre lembro que você dizia:
“Paixão passa,
Amor, é para sempre!”


Wemerson Rafaell...


Baseado em parte na tradução da música  SOME LIKE  YOU - ADELE
Postar um comentário