quinta-feira, 16 de junho de 2011

Vontade



Vontade



Não queria dormir,

E sim viver esse sonho acordado;

Voar num infinito distante,

Com minha amada sempre do lado.

Queria caminhar num futuro sem volta,

Atravessar barreiras

E deixar pra trás coisas que já não cabem mais em mim

Queria ter ela pra esquecer que tudo tem um fim.

Vontade de sair e me perder,

De pra ela buscar flores e conhecer,

De me entregar e viver,

Queria com ela fugir e de tudo esquecer.

Vontade de ouvir ela cantar,

E também contar os seus segredos,

De tudo que ela mais gosta,

E de tudo que ela tem medo.

Vontade de protegê-la,

De dar a ela toda felicidade,

Vontade de estar com ela,

E riscar do meu vocabulário saudade.

Não posso nada disso,

Por que tão longe ela está,

Não posso nem tocá-la

Pois tem uma tela pra atrapalhar.

Minha vida é sonhar,

Dormindo e acordado,

Vontade não me falta,

De tê-la do meu lado.





Wemerson Rafael...
Postar um comentário